Bannière

[ Inscrivez-vous ]

Newsletter, Alertes

Restos mortais de ex-internacional senegalês chegam ao país

Imprimer PDF

Dakar, Senegal, 4  dezembro (Infosplusgabon) - Falecido domingo passado em Arras, no norte de França, o ex-internacional senegalês Papa Bouba Diop, receberá as honras da Nação e de todo um povo nesta sexta-feira, data da chegada dos seus restos mortais a Dakar, antes do seu enterro no dia seguinte, sábado, em Rufisque, a sua cidade natal.

 

 

 

Papa Bouba Diop entrou na história do futebol e do desporto senegalês ao marcar o golo da vitória do Senegal, na abertura Mundial de 2002, no estádio de Seul (na Coreia do Sul), a 31 de maio desse ano, contra  França, atual campeã mundial e europeia.

 

Foi igualmente o melhor goleador dos “Leões” durante o que foi a sua primeira participação num Mundial, com três golos e durante  o qual alcançaram os quartas-de-finais.

 

Formado no Jaraaf de Dakar, este poderoso médio de 1,94 m fez então uma boa carreira profissional na Suíça (Neufchâtel e Grasshoppers, principalmente), em França (RC Lens), na Turquia (AEK Atenas) e na Inglaterra (Portsmouth, West Ham, Birmingham).

 

Afetado por vários anos pela doença de Charcot, Papa Bouba Diop faleceu finalmente  no último domingo aos 42 anos.

 

Desde então, recebeu uma chuva de homenagens, louvando a sua humildade,  a sua disponibilidade e o seu compromisso com a pátria.

 

O Presidente senegalês, Macky Sall, estará entre os presentes, no Aeroporto Internacional Blaise Diagne, em Diass, sexta-feira, para acolher os restos mortais de Papa Bouba Diop, “o homem que venceu  França".

 

Na ocasião, será elevado postumamente ao título de cavaleiro da Ordem Nacional do Mérito.

 

 

FIN/INFOSPLUSGABON/ASQ/GABON2020

 

© Copyright  Infosplusgabon

Qui est en ligne!

Nous avons 3321 invités en ligne

Publicité

Liaisons Représentées:

Newsflash

DEPÊCHES