Bannière

[ Inscrivez-vous ]

Newsletter, Alertes

Tribunal sul-africano autoriza extradição de suposto pedófilo australiano

Imprimer PDF

Cidade do Cabo, África do Sul, 7 Outubro (Infosplusgabon) -  Um tribunal sul-africano da Cidade do Cabo autorizou a extradição dum presumível pedófilo australiano em fuga há seis anos.

 

 

O tribunal considerou que Anthony Freedendal deve ser repatriado, apesar de estar preso na prisão de Pollsmoor (onde o ex-Presidente Nelson Mandela ficou preso nos anos 1980), à espera de julgamento por crimes sexuais cometidos na África do Sul.

 

O magistrado Xoliswa Ndoyana resolveu o caso de duplo crime em que um mesmo suspeito é acusado em diferentes países, e declarou que este deverá ser julgado na Austrália.

 

Ele beneficiou duma liberdade condicional em Port Lincoln  na Austrália, devido a um caso em que era acusado de ter abusado de meninos e meninas e que não compareceu para a sua audição em tribunal.

 

Na África do Sul, ele está detido e acusado de abuso sexual de oito crianças.

 

O homem de 76 anos de idade tem duas semanas para interpor recurso desta decisão.

 

O seu advogado, William Booth, pediu que a saúde frágil do seu cliente seja tomada em conta. Ele sofre de câncro, tuberculose e diabete.

 

 

FIN/INFOSPLUSGABON/OPM/GABON 2017

 

© Copyright Infosplusgabon

Qui est en ligne!

Nous avons 1794 invités en ligne

Publicité

Liaisons Représentées:

Newsflash

Retrouvez  tous les  jours vos  informations en  français  en Anglais et en Portugais   sur  www.Infosplusgabon.com